Segunda-feira, 16.08.10

Todas as informações relativas ao processo de renovação das bolsas de estudo dos bolseiros do Governo de Cabo Verde em Portugal, estão disponíveis no site da Embaixada de Cabo Verde em Portugal www.embcv.pt estudantes/bolseiros do Governo. 

1.Informam-se os bolseiros/beneficiários de subsídios do Governo de Cabo Verde que a renovação da bolsa, para o ano lectivo 2010/2011, decorrerá entre 02 de Agosto e 30 de Setembro do ano em curso. 

2. O envio dos documentos deverá ser efectuado por 2 vias:  

1ª – via electrónica - para o endereço: estudantes@embcv.pt. (digitalização de certificados).

2ª – via postal - para a seguinte morada: Departamento de Estudantes da Embaixada de Cabo Verde, Av. do Restelo, 33, 1449-025 Lisboa. (envio dos certificados originais). 

3. O pedido de Renovação de Bolsa/Subsidio será analisado em conformidade com os critérios constantes no Contrato assinado com o FAEF e mediante a entrega dos seguintes documentos: boletim de renovação de bolsa/subsídio devidamente preenchido; certificado de matrícula no ano lectivo de 2010/2011 e certificado de aproveitamento referente ao ano lectivo de 2009/2010 – ambos com as disciplinas discriminadas e fotocópia do plano curricular do curso (facultativo). 

4. Os bolseiros/subsidiados que, por motivos de inscrição em exames de época especial, não possam entregar todos os documentos referidos no ponto 2 deverão, dentro do prazo indicado, apresentar o boletim de renovação devidamente preenchido, bem como o comprovativo de inscrição em exames.

Tais processos serão considerados incompletos. 

5. A entrega do comprovativo de inscrição em exames não determina a renovação da bolsa, pelo que esta poderá ficar suspensa até que o processo esteja completo. Representa, porém, uma abertura para posterior análise, tendo em conta que determina que consideremos que o pedido de renovação de bolsa/subsídio para 2010/2011 deu entrada dentro da data exigida. 

6. Aos bolseiros com apoio de propinas por parte do MCTES que, por atraso daquele pagamento, se vejam impossibilitados de realizar actos académicos e, em resultado, não possam remeter comprovativos de matrícula/aproveitamento é exigido o envio do boletim de renovação devidamente preenchido, bem como uma auto-declaração de impossibilidade de realização de actos académicos.

Estes processos serão considerados incompletos.

 7. Assim que a situação de propinas seja regularizada, os estudantes deverão, de imediato, proceder ao envio dos documentos em falta, sob pena de suspensão da bolsa. 

8. Os bolseiros/subsidiados  não finalistas no ano lectivo de 2009/2010 receberão até ao mês de Setembro do corrente ano. Só beneficiarão de bolsa/subsidio nos meses posteriores a Setembro os bolseiros/subsidiados com a renovação completa - ou incompleta mas sem reprovação no seu currículo. 

9. Os bolseiros/subsidiados finalistas em 2009/2010 receberão até Agosto. O mês de Setembro ser-lhes-á pago, apenas, se procederem ao envio de comprovativo de inscrição em exames de época especial ou, nos casos em que não tenham reprovações no currículo, dêem entrada com pedido de renovação excepcional de bolsa por mais um semestre/ano lectivo.

Receberão também os meses posteriores a Agosto aqueles que, sem reprovação no currículo, solicitem a prorrogação de bolsa até data de término da formação, dentro do período concedido pelas Instituições de Ensino aos finalistas para esse efeito (máximo: mês de Dezembro).

Nestes casos, a solicitação de prorrogação deve ser sustentada com comprovativo de inscrição em exame(s)/entrega ou defesa de dissertação/projecto de fim de curso. 

10 O pagamento do mês de Outubro poderá vir a ser efectuado com algum atraso, mesmo para os alunos que renovem a bolsa dentro do prazo estipulado. 

11. Quando a documentação entregue não é suficiente para garantir a renovação de bolsa, esta será suspensa até à entrega de toda a documentação. 

12. Os processos incompletos deverão ser regularizados até ao final de Dezembro, pelo que todos os documentos remetidos após aquele mês não serão alvo de análise, alterando-se a classificação de bolsa suspensa para bolsa cancelada. 

13. Todos os processos regularizados, dentro do prazo indicado no ponto anterior, conferem o direito ao bolseiro de receber retroactivamente todos os meses de suspensão da bolsa. 

14. Os alunos que não apresentarem quaisquer documentos de renovação até ao final do mês de Setembro perdem o direito à bolsa, independentemente dos motivos que venham mais tarde a ser apresentados. 

Serviço de Cooperação

Departamento de Estudantes

publicado por estudantescv_portugal às 07:05 | link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 04.08.10

Já está a decorrer o período (02/08 a 30/09) para a renovação das bolsas dos bolseiors do Governo de Cabo Verde em Portugal.

publicado por estudantescv_portugal às 15:10 | link do post | comentar | favorito
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Olá :)Este post está em destaque no novo espaço "C...
Olá :)Este post está em destaque Na Rede na homepa...
Olá :) Este post está em destaque Na Rede na hom...
É importante acompanhar de perto e se inteirar dos...
Bom dia :) Este post está em destaque Na Rede na...
Boa tarde :) Este post está em destaque Na Rede ...
Boa tarde :) Este post está em destaque Na Rede ...
Boa tarde :) Este post está em destaque Na Rede ...
Com o andar dos tempos em que a tecnologia penetra...
Falar da cultura de Cabo Verde , da sua musica , t...
tags

todas as tags

arquivos
blogs SAPO